Leilão #8848

 - 1a Praça

 | LOTE 2-0

Imóveis > Imóvel Comercial
  • Status do Lote: Fechado
  • Abertura em: 27/03/2019 14:00
  • Conectado
  • Agora:

Imóvel Comercial situado à Avenida das Nações Unidas, Santo Amaro, área de 3.985,20m²

Fechado

Judicial


  • AUDITÓRIO
  • Lance Inicial: R$ 14.208.609,00
  • Valor 2ª PraçaR$ 8.525.165,40
  • Incremento mínimo R$ 10.000,00
  • Comissão do leiloeiro R$ 710.430,45 - (5%)
  • Avaliação R$ 14.208.609,00
  • Comitente Vara das Execuções Fiscais Estaduais da Fazenda Pública de São Paulo

Local do bem: São Paulo/SP

Um galpão situado à Avenida das Nações Unidas, 21.927, antigo nº 1.499, antiga Avenida Engenheiro Alberto Kohlmann, 1597, anterior Avenida Marginal (Rua 1), Rua Dois e Rua Quinze, e seu terreno, parte da quadra 19, no Centro Industrial Jurubatuba, 29º Subdistrito Santo Amaro, com a área de 3.985,20m², com frente para a mencionada Avenida das Nações Unidas, onde mede 54m, fundos com a rua Dois onde mede 54m, de um lado com a Rua 15, onde mede 73,80m, de outro lado com remanescente da quadra onde mede 73,80m, matricula nº 146.782 do 11º Cartório de Registro de Imóveis de São Paulo, contribuinte nº 088.165.0006-9. Conforme R.6/146.782, consta Hipoteca a favor de Banco Nacional S/A (Banco Itaú Unibanco S/A), conforme Av.13/146.782 consta locação a GPS Brasil - Negócios Imobiliários Ltda, conforme R.14/146.782, consta que o prazo de locação foi prorrogado até 31 de dezembro de 2025, conforme Av.18/146.782, consta que foi prorrogada a vigência da locação até 31/12/2037, reconhecer que a antecipação do importe dispendido pela locatária na eliminação do risco de perda do imóvel em hasta pública, quando somado ao valor das guias recolhidas e aos valores excedentes antecipados no período entre 01/06/2011 e 10/11/2013, transformar o crédito acumulado em pagamento antecipado dos aluguéis devidos pela Locatária relativos aos próximos 12 anos de contrato, ou seja, 01/04/2014 até 31/03/2026, reafirmar a vontade da locadora de renunciar de maneira expressa ao direito de revisar o valor do aluguel durante o período abrangido pela antecipação de locativos ora formalizados, consoante a Súmula 357 do STF e previsão legal contida no artigo 54-A da Lei nº 8.245/91, ratificar a cláusula de obrigação de integral e irrestrito respeito aos termos e condições das cláusulas consolidadas do contrato de locação em caso de eventual alienação futura, voluntária ou forçada, do imóvel. Conforme Av.21/146.782, consta: prorrogar a vigência da referida locação por mais 60 meses, ou seja, até 31/12/2042, transformar o crédito acumulado em pagamento antecipado dos aluguéis devidos pela locatária relativos aos 60 meses subsequentes à data de vencimento da antecipação anterior, ou seja, de 01/04/2026 até 31/03/2031, reafirmar a vontade da locadora de renunciar de maneira expressa ao direito de revisar o valor do aluguel durante o período abrangido pela antecipação de locativos ora formalizada, ratificar a cláusula de obrigação de integral e irrestrito respeito aos termos e condições das cláusulas consolidadas do contrato de locação em caso de eventual alienação futura, voluntária ou forçada do imóvel. Conforme Av 22/146.782 consta: prorrogar a vigência de mais dois meses, ou seja, até 30/02/2043, transformar o crédito acumulado em pagamento antecipado dos aluguéis devidos pela locatária relativos aos dois meses subsequente à data de vencimento da antecipação anterior, ou seja, de 01/04/2026 até 31/05/2031, mediante a quitação, ora conferida em caráter irremediável, irretratável e irrevogável, para nada mais reclamar no futuro a qualquer título ou tempo, dos locativos, incidentes nos próximos 206 meses, ou seja, até 31/05/2031, reafirmar a vontade da locadora de renunciar de maneira expressa ao direito de revisar o valor do aluguel o período abrangido pela antecipação de locativos, ratificar a cláusula de obrigação de integral e irrestrito respeito aos termos e condições das cláusulas consolidadas do contrato de locação em caso de eventual alienação futura, voluntária ou forçada do imóvel. Conforme Av. 23/146.782 consta que a locatária excepcionalmente concorda em atender ao pedido de empréstimo emergencial no valor total de 90.000,00, que será desembolsado em 06 parcelas mensais de R$ 15.000,00; o qual foi formulado pela locadora para fazer frente às despesas de contratação de apoio jurídico especializado e de consequente adesão ao PEP do ICMS com o objetivo de evitar a realização da hasta pública promovida nos autos da execução fiscal de nº 0871897-20.0040.8.26.0014; prorrogar a vigência da locação em pauta por mais 09 meses, ou seja, de 30/02/2043 para 30/11/2043; transformar o valor do empréstimo emergencial em pagamento dos aluguéis devidos pela locatária, equivalentes, neste ato, ao prazo de 09 meses imediatamente subsequente à data de vencimento da última antecipação locatícia, ou seja, de 31/05/2031 até 29/02/2032; mediante a quitação, ora conferida em regime irremediável e irrevogável, para nada mais reclamar no futuro a qualquer título ou tempo, acerca dos locativos dos próximos 175 meses, ou seja, repita-se, até 29/02/2032; atualizar o valor da locação mensal para R$ 80.000,00 em perfeita harmonia com o valor apurado em sede do mencionado Laudo de Engenharia Avaliadora da Empresa Klark Brasil Ltda, que passará a vigorar a partir de 01/08/2017, ressalvada a quitação feita por antecipação do pagamento de todos os aluguéis vincendos até 29/02/2032; reafirmar a vontade da locadora de renunciar de marca expressa ao direito de revisar o valor do aluguel durante o período abrangido pela antecipação de locativos que ora é reiterada; consoante Sumula 357 do STF e previsão legal contida no artigo 54-A da Lei de nº 8.245/91, introduzido pela Lei nº 12.774/12; ratificar a cláusula de obrigação de integral e irrestrito respeito aos termos e condições das cláusulas consolidadas do contrato de locação em caso de eventual alienação futura, voluntária ou forçada, do imóvel objetivado (cláusula de vigência em caso de alienação e exercício do direito de preferência estatuída no parágrafo único do artigo 32 da Lei da Locação, sempre respeitando o direito de retenção da locatária); sendo certo, então, que o contrato de locação havido pelas partes a ser regido de forma consolidada pelos termos e condições constantes do título. Podendo ser examinado(s) na Avenida das Nações Unidas, 21.927 - C. Grande - São Paulo/SP.
Total Geral da Avaliação R$ 14.208.609,00 (catorze milhões duzentos e oito mil, seiscentos e nove reais).

  • Número do Processo 0871897-20.0040.8.26.0014
  • Réu da ação CIA DAVOX DE CAMINHÕES
  • Autor da ação FAZENDA ESTADUAL
  • Tipo de Processo Execução Fiscal
  • Local Depositado Avenida das Nações Unidas, 21.927 - Campo Grande
  • zzz
  • Habilitados 0
  • Lances
    0
  • Visitas 397

Lances Recentes

LOGIN VALOR TIPO DATA LOCAL ORIGEM
Nenhum Lance

Localização

A localização pode ser imprecisa ou apresentar variações